Publicado em: dom, nov 29th, 2009

“Evangélico” homossexual chama o Pastor Silas Malafaia de ‘bicha’, em debate radiofônico

silas-malafaia-debate-melodiaAlguns pastores participaram, nesta sexta-feira, de um debate radiofônico realizado no Rio de Janeiro, dentre eles o Pastor Silas Malafaia e o líder da seita “igreja” Contemporânea, “pastor” Gladstone, que ‘casou-se’ com um outro seguidor da seita, recentemente.O líder da seita homossexual, no momento de sua palavra, tentou provar por A mais B que a Bíblia aceita, com naturalidade, a homossexualidade. O herege deturpou vários textos bíblicos e qualquer pessoa que nada sabe de Bíblia, facilmente consegue cair na interpretação diabólica. Ele chegou a dizer que quando Jesus, em Mateus 19.12, referiu-se ao eunuco, Ele fazia alusão ao homossexual.
A rádio procurou eximir-se de responsabilidade, informando no início do debate que não se responsabilizaria pelos conteúdos lá falados.
No momento em que o Pastor Silas Malafaia começou a falar, alguns minutos adiante foi interrompido pelo ‘pastor’ gay, que logo aquiteou-se, a pedido do mediador do debate.
Pastor Silas continuou suas palavras, mostrando biblicamente que a homossexualidade é pecado.
Pastor Silas disse que a tal ‘igreja cristã’ contemporânea não é reconhecida como uma igreja evangélica, nem nunca será.
Num dado momento, alguns homossexuais que assistiam o debate ao vivo, na emissora, ficaram irritadíssimos, se agitaram e tentaram alvoroçar o debate. Procuraram interromper várias vezes o Pastor Silas Malafaia. Um dos irritados chegou a chamá-lo de “bicha”, deixando o pastor indignado.

IRMÃOS DE TODO O BRASIL, percebam que essa turma não aceita debate. Não aceita serem confrontados e o pior, já conseguiram incutir na cabeça de grande parte da sociedade, da mídia, dos políticos e de muitas autoridades brasileiras que os cristãos brasileiros os odeiam – ou seja, são HOMOFÓBICOS e estruturados nessa mentira, com a ajuda da omissão de diversos líderes e políticos evangélicos, eles vão ganhando campo.
A perseguição às igrejas evangélicas no Brasil provavelmente vai começar por aí e muitos líderes evangélicos ainda não acordaram para a realidade.
Quem ouviu o debate, pode perceber que o único pastor que teve a audácia e coragem de ‘abrir’ o verbo, foi o Pastor Silas Malafaia. Aos poucos essa turma vai conseguir calar a boca de todos os pastores e padres brasileiros.

MAS ainda há tempo de reagir.
Ligue já para o Senado Federal e expresse sua desaprovação pelo Projeto de Lei Complementar 122/2006. Quer saber que PLC 122/2006 é este? Clique aqui e assista o vídeo.
É mais sério do que se pensa.

Ouça aqui o DEBATE QUE PEGOU FOGO, no dia 27 de novembro.

Curta-nos no Facebook

Portal Padom

comentarios