ter, jul 27th, 2010

A mulher e o instinto masculino no sexo

O homem embora considerado animal racional, trás consigo a força de seus instintos, no sexo.

Instintos são impulsos alheios a razão, fator inato do comportamento animal; que varia segundo as espécies e é caracterizado em condições, por atividades elementares e automáticas.

Conforme diz Gênesis 1:27, Deus cria o homem e macho o fez, diz a Bíblia. Esta palavra identifica a força física e sexual do homem, uma parte que se encaixa em outra.

Qual é a vantagem para a mulher saber sobre isto?

Se você ama a Jesus Cristo, clique em 

Você vai concordar que a atitudes do homem no ato sexual, que em muitas vezes assusta e incomoda as mulheres, acontecem por conta dos instintos. Algumas possibilidades existem, de alguns que agem apressadamente, outros afobados, outros são incontrolados, e outros agem como se estivessem fora de si. Pior do que isto são os desapercebidos de suas próprias reações e atitudes na cama. É como se automaticamente estivessem diante de uma máquina ou de um carro que operam com muita naturalidade e confiança, não pensando muito na forma desta ação.

Essa atitude masculina, quando não compreendida, pode refletir na mulher como desatenção, falta de amor e brutalidade. Você pode não se sentir realmente amada no relacionamento sexual por conta da força dos instintos, que se manifestam em muito desta forma.

Quando a Bíblia diz que o marido deve viver com a esposa com entendimento, dando a ela hora, como vaso mais frágil ( I Pe 3.7pta a), ressalta nesta orientação, a ausência dos instintos masculinos na sexualidade feminina. Um tem o que o outro não tem. Em oposição a fragilidade feminina, Deus determinou a força dos instintos masculinos que não serão prejudiciais, se o homem for também ciente deles e souber lidar com eles. Este saber acontece principalmente pelo papel da mulher. Com sua fragilidade e pela ausência dos instintos, a mulher é quem pode deixar em evidência e ressaltar as atitudes masculinas ao marido, tornando-o senhor e não escravo de seus instintos.

O grande problema é que muitas mulheres se portam masculinamente, como se também fossem impulsionadas pelos instintos; pela força que não tem nada a ver com elas. Nesta condição é que os instintos masculinos se elevam na tentativa de superar a competitividade feminina e acaba fazendo com que o homem tenha atitudes animalescas. A Palavra de Deus é sábia em seus princípios quando estabeleceu ao homem e a mulher posições, ações e comportamentos diferentes.

À medida que a mulher vive sua feminilidade de forma plena dá ao homem a oportunidade de viver sua masculinidade, da forma que convém para uma convivência satisfatória e saudável sexualmente.

Na relação onde a fragilidade feminina se sobressai, os instintos masculinos no sexo se tornam uma benção, são devidamente direcionados e torna a mulher feliz o quanto deseja.

Você mulher cristã; viva sua fragilidade mesmo numa sociedade que cultue o feminismo e a independência da mulher; e os instintos sexuais de se marido serão bênçãos no relacionamento sexual de vocês.

Guia-me / Portal Padom

Gostou deste post? Então: Compartilhe no Facebook Siga-nos no:  Facebook - Twitter - G+

COMENTE AQUI!

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estes html tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>