dom, nov 6th, 2011

Milagre: Mulher ressuscitou duas vezes

Amarech Ameche

Habitantes de uma divisão administrativa etíope ainda estão tomados por um milagre, que aconteceu com dos membros de sua comunidade, horas depois de ser declarado morto, volta-lhe o sopro de vida.

No início da manhã do dia 21 de setembro de 2011 na aldeia de Omo, Amarech Ameche perdeu sua longa batalha contra a Aids. No entanto, sua história estava longe para ter um fim. Enquanto os membros da comunidade se preparavam para a cerimônia de enterro, os líderes da Igreja Omo Vila começaram a orar por sua irmã falecida.

Omo é uma aldeia dentro da woreda (woreda é muito parecida com os distritos do estado norte-americano) de Mudula, uma cidade pobre aproximadamente 400 quilômetros a sudoeste de Addis Abeba, capital da Etiópia.

“Esta comunidade está vivendo na pobreza, não há água limpa, e a condição do ar é variada, ela é afetada pela seca, e muitos têm o problema da falta de comida para comer. Estão vivendo em Woreda quase 200 mil pessoas, com apenas um centro de saúde, poucas e  pequenas clínicas, e nenhum hospital … muitos morrem antes de chegarem a um hospital.. Apenas uma ambulância para essa quantidade de pessoas. Há centenas de órfãos na comunidade e todos necessitam de assistência na sua educação e  vida “, diz um membro da comunidade e igreja da vila, Ayele Adore.

É nesta comunidade que o Senhor traz sua mensagem de fé e cura.

Além das circunstâncias já notáveis da morte de Amarech Ameche a ressurreição é o único evento profético que ocorreu anos antes do incidente. “Na época, eu tinha fé, porque há quatro anos, o Senhor falou que os mortos se levantariam e meu testemunho seria distribuído globalmente e a fé de muitos [será] elevados. Eu estava esperando seriamente [para] este momento … e isso aconteceu e estou muito animado “, diz Ayele.

Membros da igreja reivindicaram ao Senhor que lhes falou que um milagre poderia ocorrer envolvendo a ressurreição de um membro da comunidade. “… Olha, essa história foi contada há quatro anos e aconteceu… [o] Senhor [realizou] milagre e depois de muitas horas neste cadáver começou a respirar e todo mundo gritou com surpresa, dando glória a Deus, que ouviu a oração de Sua crianças “, lembra Ayele

Devido à falta de médicos na aldeia, o ceticismo, sem dúvida, vai cercar esta história, mas mais de sessenta membros da comunidade testemunhou quando a respiração de Amarech Ameche cessou. No dia 21 de setembro a família e os líderes da Igreja Vila as sete horas, confirmaram a morte da viúva de 45 anos de idade.

Às 9h, duas horas após seu falecimento, ela acordou atordoada no início, mas logo ela começou a entender o que havia acontecido com ela.

“Eu sei que estava morta durante horas”, diz Amarech Ameche.

E ainda, o Senhor tinha mais uma história para contar através Amarech. Como se dissesse para céticos, ‘não, ainda não acreditam?  Então veja. ‘ E o Senhor proporciona a aldeia outro milagre. Três dias depois, Amarech Ameche mais uma vez parece perder a luta contra HIV e a fome. Mas essa guerra pertence a Cristo.

Em 24 de setembro há seis horas, o coração Amarech outra vez para de bater.

Ayele lembra o episódio avassalador: “Membros da Igreja Village, sua família e vizinhos são testemunha real … A situação era sua respiração parou, ela mudou a cor dos olhos, [Não havia] qualquer movimento … as pessoas lá se reuniram para chorar na tristeza. ” diz Ayele

Desta vez, Amarech permanece neste estado durante quatro horas, o dobro do acontecimento anterior. Após se recusar a permanecer morta pela segunda vez, Amarech novamente desperta em desorientação, mas torna-se coerente após vários minutos de recuperação.

“[No início], ela começou a observar o que estava acontecendo só com os olhos … Após alguns minutos ela disse, ‘estou bem’, e depois de algumas horas ela entendeu todas as condições do que tinha acontecido com ela.”

Amarech Ameche conta seu testemunho para a aldeia: “O Senhor acrescentou mais dias para mim viver … Sei que não tenho ninguém para me ajudar, mas em todas estas condições o Senhor fez grandes coisas em minha vida. Vocês todos são testemunhas pelo que aconteceu na minha vida. Ore por mim para viver a vida que agrada ao Senhor e para que o Senhor me forneça o que comer. “

“Seu testemunho tocou a vida de muitos e muitos choraram”, diz Ayele.

Quando perguntaram se alguém na aldeia duvidasse que esses dois casos era a mão de Deus, Ayele disse: “Ninguém”.

“Mais do que ninguém, os que não são cristãos deram glória a Deus e eles disseram que, ‘o Deus a quem vocês adoram é grande’, e muitos diziam, ‘vamos seguir esse que dá a vida de Deus’”, diz Ayele.

Portal Padom

Gostou deste post? Então: Compartilhe no Facebook Siga-nos no:  Facebook - Twitter - G+

COMENTE AQUI!

Deixe um comentário

XHTML: Você pode usar estes html tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Connect with us on social networks
Recomende no Google

Siga-nos no Google+