Publicado em: ter, out 25th, 2011

Polêmica – Irmão do Pr. Marcos Pereira da Silva, será candidato em 2012 pelo Partido Comunista

pcdob

Segundo a coluna Radar Online da RevistaVeja, Alan Pereira, irmão do conhecido pastor Marcos Pereira da Silva, da Igreja Assembleia de Deus dos Últimos Dias, tentará em 2012 uma vaga na Câmara Municipal do Rio de Janeiro.

Provavelmente Alan sairá para vereador pela bandeira do PCdoB, ou seja, pelo Partido Comunista do Brasil.

Apesar de o colunista não informar se Alan é evangélico, a noticia tem chamado a atenção do meio religioso, pois o PCdoB, faz parte do comunismo que centra-se nos ensinos filosóficos dos ateus Karl Marx e Friedrich Engels que defendem posições antagônicas aos princípios cristãos.

Se você ama a Jesus Cristo, clique em

Se cristianismo e comunismo estão em pontos opostos e extremos, como pode ser cristão e comunista ao mesmo tempo? Tem algo ‘estranho’ nisto. – diz Paulo Teixeira do blog Holofote

Os países que são governados por líderes comunistas como a China, o Vietnã, Cuba, Coréia do Norte e Laos, tem afrontado e perseguido ferozmente o cristianismo.

Paulo Teixeira afirma que, a voz de César soa, para muitos, mais alto do que a voz de Deus. Alguns preferem estar à sombra da Cruz. Outros preferem estar portando a foice e o martelo. Outros ainda tentam portar a foice e o martelo, à sombra da Cruz.- criticou o blogueiro

Queremos saber a sua opinião, ” É correto um cristão se canditadar por um partido comunista?”Deixe abaixo o seu comentário.

Fonte: Portal Padom

Com Informação Revista Veja e Holofote

estude teologia sem mensaldiade

comentarios...

+ edificantes

noticias-gospel-obedientes-a-deus

O plano simples de Deus para os obedientes

25 de janeiro de 2015, Comentários desativados
Veja o que Deus está dizendo em especial pra você, amado(a), e para a sua descendência (seus filhos, netos, bisnetos, etc.) neste momento.

Deus está falando, você pode ouvi-lo?

25 de janeiro de 2015, Comentários desativados
evangelho-ostentação

O evangelho Ostentação

15 de janeiro de 2015, Comentários desativados